Pesquisar este blog

Organizadores


Como surgiu o blog? 


Acreditem ou não, em 2009, acho que em fevereiro ou janeiro, tive um sonho onde: ricos, políticos e religiosos estavam dentro de um cubículo, todos apertados, sem poderem sair, e eu estava ao lado de fora olhando e estranhando o porquê todos me apontarem o dedo e dizendo "Você não é livre, venha pra cá para ser livre, tem que estar dentro". Dentro do sonho achei isso engraçado, pensando "Como não? Eles é que estão naquele sofrimento ali dentro!". Acordei e resolvi fazer um blog com o nome de "Preso por Fora", posto que eu já escrevia em meus caderninhos velhos, por que não passar para um blog? _ Lucas Gonzaga


Organizadores e Autores:

Lucas Gonzaga e Plínio _ IFCS

Lucas Gonzaga por Eutáquio Nogueira

Conheço o Lucas desde muito pequeno, desde a barriga de sua mãe. Fico feliz pelo rumo que ele anda tomando, não havia nem como imaginar o que seria ele quando crescesse. Apenas sabia que ele era chorão e bagunceiro, mas um bom menino. Com 9 em uma viagem a Santa Catarina, Florianópolis, ganho o apelido de Bobby, referente ao desenho animado chamado "O fantástico mundo de Bobby", onde o personagem principal é o Bobby Generic. Alguém tem uma sugestão do porque ganhou tal apelido?  Exatamente o que você que o acompanha pensou: uma mente fértil que voa e difícil segurar!

Afinal, quem é Lucas Gonzaga? Para a surpresa de muitos é apenas um garoto de 21 anos em conflitos com umas idéias e em paz com outras; Para o espanto de outros, vale informar o moleque repetiu 3 vezes de ano, não suporta estar na condição de aluno, posto que, segundo o que costuma dizer, não consegue aprender com muita gente e um local, a mente voa, e absorve pouco de alguém que está falando na frente dele, prefere ler. O professor serve para ele como um estimulante ou tira dúvidas, alguém para dialogar e desenvolver, que instiga o pensamento e não que transfere conhecimentos, pois alunos são depósitos. Bom, na verdade ele descobriu isso não faz muito, depois que começou a ler filosofia e pedagogia. Fez supletivo no 2º grau, não se lembra sequer de um professor, exceto os autores dos livros que lia nas aulas em uma turma cheia de militares querendo promoção. Todavia este sujeito declara-se um eterno estudante e leitor compulsivo. E pelo que percebi suas mãos inquietas não conseguem mais parar de rabiscar idéias e histórias em seus caderninhos.

Levado a psicólogos e psicopedagogos para tratar de sua terrível fase de uma depressão semi-suicida em 2008, devido os "fracassos" escolares. Ao ser solicitado a fazer uma redação onde explicasse o quer ser profissionalmente e por que, o matuto nos veio com um título assim: "Quero ser professor, pois odeio professor". Ao ler a psicopedagoga estranhou o título,mas prosseguiu com sua leitura. A redação dizia que queria ser professor para tentar superar a atuação robótica dos professores em sala de aula, parecendo mecanizados, que ao serem questionados sobre conteúdos com a impressão de que não havia sentido, reagiam como se essas atitudes fossem afrontas, mesmo se feito de modo educado. Seus professores, segundo o que o Lucas conta, de escolas municipais, pareciam derrotados, acabados, não podiam dar o melhor de si, pois tiveram suas almas roubadas pelo baixo salário e pelos atritos com os alunos.

Para o desespero de sua namorada, Lucas disse queria ser professor, mas não um professor qualquer: queria alfabetizar. Dentre infinitas coisas que já havia dito querer estudar, com aquele seu estilo Davinciano, um guri que gosta de tudo na área de humanas, queria alfabetizar. No começo a namorada não levou a sério, pois podia ser mais uma empolgação com algum dos livros que andava lendo. Segundo ele, não quer cortar o mal pela raiz, apenas quer que a raiz nasça diferente para que não se torne mal, pois: A revolução começa naqueles que têm em si o Reino de Deus, e essas crianças têm colocar esse Reino para fora, compartilhando com os outros e não sendo compelidos a guardar o presente que tem ao  mundo! 

_ Eustáquio Nogueira, seu velho amigo. E coloca velho nisso meu garoto!




Raoni Tenório


A vida é muito complexa. Sou bem novo, um jovem, que quanto mais aprende mais sente dificuldades em formular alguma opinião sobre o que for.

O que você não pode, leitor, é esperar pra viver. "Quando eu tiver recursos financeiros", "quando eu souber mais", "quando eu... ". Sua vida já começou, cara!

Não me darei ao trabalho de definir uma característica sequer sobre mim. Tudo que eu escrever pode ser usado e certamente será usado contra mim em qualquer circunstância - então vá em frente.

Como eu disse, não espere pra viver - ou não espere pra amar, o que são sem dúvidas a mesma coisa. Quem não ama não vive, não encontrou a verdadeira vida.

Fuja dos rótulos e seja intelectualmente independente; o que não significa 1) que você precisa ser um intelectual ou 2) que você não possa frequentemente roubar fragmentos ou grandes pedaços de pensamentos de diversas pessoas, famosas ou não.

Boa sorte! Esse sou eu.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores


Mais Jogos no Jogos Online Grátis - Jogos de Meninos