Pesquisar este blog

7 de nov de 2012

Vivere l'unicità del momento _ por Eustáquio Nogueira





 por Lucas Gonzaga

De súbito respirou
Sem mais nem menos,
Sem ter pensado ou calculado.
Tomado pela soma das partes
De todos os seus afazeres,
Seu próprio corpo lhe empurrou
Para aquilo.

De repente foi isso,
Sua mente não tinha mais nada,
Trouxe pelas narinas o ar para dentro de si e,
Purificado, tendo-o feito isso lentamente,
Bem devagar devolveu o ar que tomou emprestado.

Apenas neste momento
Em que sua mente parou de funcionar,
Algo raro, pois funciona desde que nascemos,
Sim, mas apenas neste momento, pequeno momento,
Viveu muito mais do que em toda a sua vida.

Na busca de ser tudo,
Fazendo muito para sentir-se do todo,
Percebeu, tendo sido pego de surpresa,
Transcendência, que somente foi tudo
E parte do todo vivendo e sendo o nada.

A infância deve ser tão marcante justamente porque,
Obviamente, não perdemos tempo com o passado, nem planejando
Com rigidez o futuro, ou seja: é marcante por ter sido uma época de fato vivida!

Ser nada dissolvido em todos para ser tudo,
Negar a si mesmo
Para ser você mesmo,
Não procure e achará.
Se procurar nunca há de encontrar.
Busque a vida e perdê-la-á,
Pois procurando nunca a viverá .
Não procurando, a vida encontrará: na verdade ela que há de lhe achar!
Não vale a pena conquistar tudo
E toda essa busca trabalhosa e incessante
Corroer-lhe e por fim consumir sua alma seu ser.

É que disse o sábio John Lennon:
“A vida é aquilo que acontece enquanto você está ocupado fazendo planos!”

0 Comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores


Mais Jogos no Jogos Online Grátis - Jogos de Meninos