Pesquisar este blog

3 de nov de 2012

O "Ex Talento" da Igreja



O "Ex Talento" da Igreja


Não é novidade que algumas vezes ouvimos que um artista, ator, cantor sei lá, não importando o gênero, mas de grande talento, tenha começada a sua vida ou carreira em uma igreja, também não importando o gênero, católica, evangélica e etc. Diante dessa retórica, fica a pergunta: "Seria a igreja um lugar de talentos que se excluem?”.

Talvez nenhum de nós tenha a capacidade da resposta ou a autoridade para o veredito, pois nesse papel de "Justo Juiz" já temos além de Deus a própria instituição que assume tal responsabilidade, mas fato é que muitos desses grandes talentos que hoje conhecemos teriam sido freados em nome da repressão dentro dos muros eclesiásticos. Se foi para liberdade que Cristo no libertou, como podemos ser proibidos de realizar aquilo que recebemos miraculosamente, e como um lugar que se declara caminho para salvação dos homens, se torna um sumidouro da arte, pois os que lá estão não podem expressar de  acordo com a sua capacidade o melhor de si, talvez emprestem o rumo dos seus dons a uma plateia que não os reconhece, público que atribui aos feitos unicamente a intervenção divina, e uma vez fora do contexto, os talentos não existirão, sumirão como num passe de mágica, e se não sumirem Deus não faz mais parte disso. 

Ao invés de admiradores, passam para uma plateia de justicistas que ansiosamente aguardam o retorno, mas não um retorno qualquer, mas a redenção perante o tribunal divino na terra, já presenciei até um pleito para saber se seriam ou não aceitos de volta. Ouvimos até que tal talento não foi dado a certo tipo de pessoa para que fosse mostrado ao mundo e sim para servir a Deus. Tenho aprendido muito com o "mundo" que tentaram proibir-me o conhecimento, muitas canções "mundanas", de cantores "mundanos" são verdadeiros deleites de amor a Deus e à humanidade, muitos sermões na boca de pessoas que já figuraram em nosso meio, muito ensinos divinos em quem nunca sentou em um banco ou carregou uma bíblia, a esses artistas agradeço e espero que continuem nos presenteando com os seus dons, e assim como Jesus orou antes da sua partida, receoso em deixar os discípulos, também peço que nos os tire do mundo e sim que os livres do mal.

2 Comentários:

Thaís Villalba disse...

"também peço que nos os tire do mundo e sim que os livres do mal." Muito bom Luiz Carlos!!!!!!!!! Gostei muito!!!!!

Luiz Carlos Ferreira disse...

Era para ser que não os tire do mundo e sim que os livre do mal, mas tá valendo.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores


Mais Jogos no Jogos Online Grátis - Jogos de Meninos