Pesquisar este blog

8 de ago de 2012

Lembro-me de você_ por Lucas Gonzaga





por Lucas Gonzaga


Lembro-me de você

Quando: Em meio ao calor
O vento me acaricia
Refrescando-me o amor
Tratando da minh'alma
E da saudade que existia.

Quando: Vejo nenês a sorrir
Sem motivo algum,
Brincando com as mãos miudinhas,
Articulando as perninhas,
Pequeninas ainda,
Sem qualquer jeito,
Sem pretensão nenhuma,
Apenas vivendo!

Quando: após uma confusão
Ficam todos a se entreolhar,
A perceber que não valeu a pena
E a gargalhada coletiva começa,
Pois o que vale a pena é se amar.

Quando: um faminto come.
A três dias sem comer,
Ao alimento ingerir,
Parece que o vigor
Toma-lhe o corpo devagarzinho
E a sensação de alívio é instantânea.
Somente sabe quem um dia
Sentiu fome.

Quando: estou triste e
O sorriso me vem de repente,
A paz invade meu ser
E principalmente minha mente.
Transformando-me mais humano,
Mais gente.

Enfim, você para mim
É como essas mágicas,
Momentos fascinantes
E de esperança que nos trás a vida.
É assim mesmo,
Lembro-me de você
Quando em contato
Com essas surpresas da vida.

0 Comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores


Mais Jogos no Jogos Online Grátis - Jogos de Meninos