Pesquisar este blog

21 de mai de 2012

Seu avô morreu em que época de sua vida? _ por Lucas Gonzaga






por Lucas Gonzaga

Hoje acordei de bem com a vida, apesar de ser a tal famosa segunda-feira que todos tanto odeiam. Na verdade quando digo que acordei de bem com a vida, não quer dizer que nos outros dias eu acorde de mal com ela, sempre acordo bem humorado e bem disposto. Mas hoje foi diferente; senti boas sensações pulsando, latejando, a sempre enorme vontade de escrever qualquer coisa pulava dentro de mim gritando de alegria "Escreva! Escreva!".

Bom, aqui estou escrevendo. Os que me conhecem a pouco tempo, a menos de 3 anos, me conhecem por escrever, pelo blog, pelos contos, poesias, textos políticos & religiosos e tudo o mais que tenha a ver com escrita. Porém que me conhecia antes, conhecia-me por cantar, tocar violão, fazer arranjos, tocar alguns instrumentos, fazer arranjos vocais, etc. Bom, mais que bem disposto, hoje acordei com uma vontade enorme de tocar violão, baixo e teclado. Principalmente teclado. Quem sabe um bom piano com o cheiro de madeira ainda? Deu-me vontade de tocar Ray Charles, lembrei-me então da época em que eu tocava músicas americanas no teclado, músicas gospel de boa qualidade, ao contrário do nosso gospel brasileiro que é horrível. Foi aí que me veio a recordação de forma chocante o meu avô.

Meu avô faleceu em 2009. Quem o conhecia antes de eu nascer contava-me -e ele mesmo também me contava- as histórias dele, aprontou muito nesta vida. Porém depois que nasci ele parou de beber e fumar, conheceu uma senhora, que considero minha avó, e casou mais ou menos aos 60 ou 61 anos, não sei. Para mim era um santo vivo. Excelente pessoa, excelente avô, com brincadeiras ingênuas. E é com ele que a música entra em minha vida... Meu avô tinha uma centena de CD's (sou da geração CD, rs...) e eu ouvia curioso um por um. A maioria era de cunho cristão, pois meu avô retornou a Igreja Adventista do Sétimo Dia.  Ensinou-me a dividir vozes, a tocar flauta enquanto ele tocava gaita. Mostrou-me um grupo chamado Arauto do Rei, Darlene Lima e sua maneira esplêndida de cantar, o grupo Communion entre outros mais.

Até que me apresentou o grupo Novo Tom, a música do grupo não mexeu tanto comigo, mas ali que comecei a reparar um carinha chamado Leonardo Gonçalves que logo lançaria seu primeiro CD, o "Poemas e canções". Bom, abalou o meu mundo musical! Quem quiser conferir pesquise sobre o cantor que agora está na Sony Music, irão ver que a música é diferenciada, bem diferente das musiquinhas bobas do mundo gospel atual. Aliás, o Leonardo Gonçalves chamou atenção de Ed Motta e por sua vez, Ed, o convidou para cantar num Show. Enfim, não bastando tudo que meu avô já havia me ensinado de música, o estilo do Leonardo Gonçalves incendiaria minha esfera musical fazendo assim com que eu mergulhasse de vez para aprender mais e mais.



Logo me fascinou os solos de guitarra do Iron Maiden, a voz de Axel Rose, Nirvana, Red Hot. No Brasil as letras e músicas de Renato Russo e Cazuza, a voz de Cássia Eller com as letras de Nando Reis, Los Hermanos e Charlie Brown Jr, etc. Bem, meu avô não gostava de Rock, mas gostava de me ver tocar e cantar Rock, continuava assim por sempre me ensinar mais e mais. Meu avô tocou Blues com sua gaita enquanto eu o acompanha no violão: que demais! Bem religioso que era, mesmo não sendo um legalista, não pensei que chegasse a esse ponto (rindo aqui sozinho enquanto escrevo, rs...). Até que com 16 anos conheço o Raiz Coral & Sérgio Saas -regente do coral e excelente cantor-, um coral Black Music da periferia de São Paulo, se eu não me engano de Capão Redondo.

Como nos livros, onde sou influenciado a ler outros livros quando leio a bibliografia no final do livro ou quando o próprio autor menciona suas referências, assim foi na música. Descobri outros cantores e músicos excelentes, surreais. Principalmente americanos e americanas negros! Também, com outro estilo musical, me influenciaram João Alexandre e Stênio Marcius, que são referência do Leonardo Gonçalves. Foi aí que comecei a crescer mais e mais musicalmente, a tocar piano/teclado, o baixo e aprender outros instrumentos. Ensaiava com um grupo de cantores que, cantando, colocam Michael Jackson e Usher no chão, sem exagero! Temos muitos talentos em nosso Brasil! Eu era o único clarinho intrometido no grupo! Os caras são feras.

É, foi nesse época que meu avô se foi, já com os 19 anos e foi assim que deixei a música de lado. Cantar era vício todo dia e toda hora, não vivia longe de um teclado ou violão, até que isso foi perdendo-se aos pouco. Tente me entender, sei que os que me conheciam antes dizem que foi um desperdício, mas foi um baque para mim a morte do meu avô! Tudo referente a música me lembrava ele. Joguei todas as minhas composições fora, partituras, tudo que eu havia criado. Não era uma forma de esquecer meu avô, não, não era isso. Mas é   que a música fazia parte do meu dia do acordar ao dormir, não só, eu também sonhava com música! Então faça as contas e veja a quantidade de tempo que vinha a memória de meu avô em minha mente. Para se ter uma noção: nunca mais fui a casa em que ele morava!

Escrever para mim, algo que eu fazia desde pequeno, era algo que as pessoas nunca notaram, era algo íntimo. Como diz Fernando Pessoa, era uma maneira de estar comigo mesmo. Daí que resolvi fazer o blog Preso por Fora, falar de política & religião, postar meus poemas e contos: assim uma nova época nasceu em minha vida...

Minha se divide mais ou menos assim: antes do meu avô partir e depois de meu avô partir. Pelo fato de escrever desde pequeno, creio que aguçou minha criatividade e curiosidade a um tal ponto que influencial minha vida musical. Desta forma também foi a música. A música e o cotidiano me influenciam em muito na minha maneira de escrever.

De certa forma meu avô não me deu um empurrão somente na música, mas também para mostrar esse outro talento que tinha guardado eque hoje luto para amadurecer.

Se houver internet no céu, espero que o meu velho avô leia!

1 Comentários:

Lucas Gonzaga disse...

Hoje, emu aniversário, 22 de maio, lembrei-me do meu avô!!!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores


Mais Jogos no Jogos Online Grátis - Jogos de Meninos