Pesquisar este blog

10 de fev de 2012

Rótulos belos_ Eustáquio Nogueira





Sentados, papéis na mão e a saudade.
Saudade de tudo que ainda é nada,
Saudade da falta de maldade,
De sentir a leveza do voo e o vento nas asas,
Do riso ingênuo e de saber que qualquer canto é meu canto e, sendo meu canto
Me encanto tanto que sinto-me em casa.

Saudade de entender com afinco
Que nem todo sentir faz sentido.
Saudade de sentir a saudade da saudade que hoje não mais sinto,
De liberar com liberdade para o não livre todo amor em mim retido.

De sentir prazer em andar, em comer,
Ver o povo nas ruas, um filho crescer.
Saudade de sentir que não sinto nada
E de entender a obviedade de que a alternativa pra morte é viver.

Viver saudade nem sempre é saudade de viver.
Pode ser saudade de morrer
Por achar que todas as lembranças
São apenas a certeza de que o já vivido nunca mais irá viver.

Dizem que na vida nada muda
E que tudo se repete,
Que o que muda são os rótulos:
 Vamos criar rótulos belos?

0 Comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores


Mais Jogos no Jogos Online Grátis - Jogos de Meninos