Pesquisar este blog

18 de fev de 2012

Adorável enlatado



Só quero compartilhar uma emoção de agora.

Alguns vão se lembrar do 4º filme e apontá-lo como um enlatado americano. Talvez outros julguem seu roteiro simples(até demais), seu ponto central nada atraente(uma luta de boxe) e seus atores sem a alta qualidade de outros já consagrados há tempos no mercado do filme. Todos que olham pro Stallone se lembram de filmes toscos que ele já fez.

Mas o fato é que Rocky me cativa e emociona como poucos filmes conseguem fazer. E espero conseguir explicar isso nas próximas linhas.

Seu roteiro beira o cotidiano de tão simples, com cenas irrelevantes pro andamento de todo e qualquer filme que se preze. Ele é um cara pobre, sem muita oratória, e conhece uma menina tímida e tão sem oratória quanto ele. O namoro dos dois não é sonho de nenhum casal: os diálogos não têm nexo, a libido não é exposta, e as juras de amor são um tanto quanto incomuns... Enfim, uma tragédia pra modelo de casal.

Seu treinador é um velho ranzinza que se preocupa com ele, mas que não liga muito pro modo como fala com as pessoas. Cena fácil de se encontrar é Rocky de cara feia pro Mickey. Os dois se amam com um amor terno e verdadeiro.

Seu cunhado é chato e maltrata a irmã. Enquanto Rocky a cobre de carinhos(a seu modo, é claro), o cunhado Paulie é só esporro e briga. Mas ele, no fundo, gosta do Rocky e torce pros 2 darem certo. Ama, mas não gosta de demonstrar.

Seus adversários(com destaque especial pra Apollo) o provocam até o limite. Rocky anuncia que quer se aposentar logo no 1º filme(quem lembra?), mas luta até o 6º. Parece que não sabe muito o que quer pra vida, já que muda de ideia todo filme e acaba lutando. Suas metas são interrompidas pelo destino vez após vez, e o cara se dispõe a lutar filme após filme.

Ainda não entendeu? Um sociólogo e um crítico de cinema encheriam listas e mais listas com críticas negativas ao filme, desde sua criação até as letrinhas que sobem ao final. Mas Rocky precisa ser percebido com o coração. Sendo percebido assim, torna-se um grande filme. Suas cenas motivacionais, do 1º ao último filme, com suas frases clichês e tudo o mais, enchem meus olhos de lágrimas; não tanto pela mensagem que carregam, mas mais pela realidade quase que fielmente retratada na tela.

“... O mundo não é um mar de rosas. É um lugar ruim e asqueroso. E não importa quão durão você é, ele te deixará de joelhos e te manterá assim se permitir. Nem você, nem eu, nem ninguém baterá tão forte quanto a vida. Mas isso não se trata de quão forte pode bater. Se trata de quão forte pode ser atingido e continuar seguindo em frente. Quanto você pode receber e continuar seguindo em frente. É assim que a vitória é conquistada...”

Sim, o filme é simples assim mesmo. É quase o cotidiano na tela, sem muito glamour ou luzes ou flashes. Por isso, e por uma magia que esse filme carrega e que é difícil de ser explicada, Rocky é extraordinário.

Ah! O boxe é só pano de fundo.



RT

0 Comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores


Mais Jogos no Jogos Online Grátis - Jogos de Meninos