Pesquisar este blog

20 de dez de 2011

Sou Feliz, óh catarse: Um Novo Ser, uma Nova Humanidade, uma Nova Era!







Óh catarse! Catarse que me carrega, me balança e me em-bala no compasso do descompasso.

Óh catarse!
Sou feliz!
Sou feliz!

Tenho um sorriso, tenho carro, uma religião, uma família, uma empresa, uma casa... as pessoas morrem desamparadas, negligenciadas, mas ainda bem que comigo não foi; por isso sou feliz...

Sou feliz, pois tenho televisão, sou feliz... fui ao show dos Beatles. Sou veementemente feliz pois vou a missa- domingo-; vou a "sessão do descarrego" - Terça- ; freqüento a uma religião afro-descendente- sexta- ...

Ah, se tudo isso fosse solução o mundo seria apenas paz, pois tudo isso é o que fazemos, acúmulo do ter!

O que é felicidade? Será que se resume simplesmente a uma vida de preencher buracos? Será que se resulta numa busca de exterioridades? Ou será que a coisa, o "segredo" está por dentro?

O Homem da Roça soltou uma bela frase no livro Judaico-Cristão:

"... não há nada que venha de fora que o possa contaminar, o que o contamina é o que já está, o que vem de dentro..."



Nem o que é "feliz" pode o contaminar se você já não estiver com a felicidade em si mesmo. Isto não é mero ensinamento de um sujeito que viveu milênios atrás. Não! Podemos ver em Jean Piaget e Vitgotski tanto a afirmação de que há potencialidades em nós, tanto para a felicidade, quanto para tristeza e outras “N” propriedades que fazem parte de nossa configuração,; outra informação relevante que encontramos nestes cientistas é sobre a necessidade interagir com o que está fora de nós, com o externo ou mesmo até com pensamentos, para manifestar o que já está dentro de nós.

Nada por si só é bom ou ruim!
Nada para além de nós (seres humanos), por si é puro ou impuro!

Pois se os nossos olhos forem bons, verei as coisas como boas, mas se os nossos olhos forem maus até o que for luz eu enxergarei como escuridão, o que for bom eu verei como mau e o que for verde eu verei como amarelo. O que for verdade acreditarei ser sempre que é mentira e o que for líder religioso verei como herói de uma geração!
Para bons psiques um revolver servirá para “colher” Jaca no pé, uma faca para cortar carne e a gaiola estará sempre aberta com comida e água para pássaros irem e virem com liberdade!
Sou feliz sem mesmo a catarse da "religião", sem mesmo a catarse da "música", sem mesmo a catarse do "escrever".

Sou feliz até mesmo sem a felicidade...

O ideal seria fazer uma catarse da catarse viciada que habita em nós!
Estou feliz pelo paradoxo da linha acima.

Bom, coincidentemente estou lendo um livro chamado "Felicidade paradoxal" do Gilles Lipovetsky.

Perguntaram certa vez ao Frei Tito (in memorian) depois de um longo período em que foi torturado pela Ditadura Militar Brasileira:

_ Tito, você não quer mais viver?

Tito respondeu:_ Claro que sim, mas apenas depois da morte!

A vida é muito mais que viver, perde-se a alma quando pela competição se tenta ganhar muito ou tudo. Não tente viver, viva! Quem procura construir um reino nunca o viverá e mais cedo ou mais tarde perceberá ter construído um inferno. Quem vive a vida de modo a ser vivida com vida, emanará vida. E todo aquele que já tiver vida em si poderá recebê-la e assim, neste ciclo de compartilhamento e cooperação, solidariedade e cuidado uma humanidade nova nascerá, um novo modelo de sociedade há de surgir.

Martin Luther King Jr.
"Os homem aprenderam a voar como os pássaros e a nadar como os peixes, mas não aprenderam ainda a viver como irmãos."

Léon Tolstoi
"Há quem passe pelo bosque e só veja lenha para a fogueira."

Epicuro
"A verdadeira riqueza não consiste em ter grandes posses, mas em ter poucas necessidades."

Eustáquio Nogueira (AQUI)
Não ganhei o mundo inteiro,
Por isso a alma não perdi,
Vivi intenso em um segundo,
Mas ao menos eu vivi!

Perguntaram ao Dalai Lama:

" O que mais te surpreende na humanidade?"

E ele respondeu:

" os homens... porque perdem a saúde pra juntar dinheiro, depois perdem o dinheiro pra recuperar a saúde.
E por pensar ansiosamente no futuro, esquecem do presente de tal forma que acabam por não viver nem o presente nem o futuro.
E vivem como se nunca fossem morrer...
...e morrem como se nunca tivessem vivido."

Lucas Gonzaga

0 Comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores


Mais Jogos no Jogos Online Grátis - Jogos de Meninos