Pesquisar este blog

19 de abr de 2011

Sem rodeios, a verdade


A mentalidade é ser íntimo de Deus. Pra isso, todo tempo livre é preenchido com atividades, afinal, de acordo com evangélicos e em desacordo com Jesus, o cristão deve participar do maior número de atividades possível para chegar mais perto de Deus.

Conheço porque vivi essa realidade. Retiros e congressos: pessoas no culto ávidas por Deus tocá-las e, a partir de então, começarem a fazer "a vontade de Deus". Esta é sempre perguntada a Deus, como se a vontade dEle pra todo ser humano não estivesse clara na vida de Jesus.

Paranóia, desespero, loucura. Ser íntimo de Deus deve gerar poder, poder pra "falar em línguas", profetizar e ,portanto, ser mais espiritual: nada nada nada a ver com o que Jesus propôs. Jesus é quase que completamente desconsiderado pela maior parte dos evangélicos.

Há algo bom acontecendo nesses cultos. Deus gosta de quem canta pra Ele com sinceridade de coração provavelmente porque a música cantada de coração é uma oração. Há pessoas querendo conhecer esse Deus, mas pecam por se acharem donas da verdade e acreditarem que a Bíblia contém toda a verdade. Como pode um livro conter a mente de um Criador que ninguém conheceu plenamente até hoje?

Fico com as passagens elucidativas do Primeiro Testamente e do Novo, onde Deus mostra que o que espera do ser humano é que ame a misericórdia, ame o próximo, ajude quem precisa e se afaste da iniquidade. Aliás, iniquidade significa falta de equidade, ou seja, injustiça. Nada de "quando o pecado se torna normal"(e aí pensamos nos pecados sexuais, é claro).

"O Espírito Santo te trouxe aqui, você não veio porque quis"; "Deus vai falar com você"; "você não vai sair como entrou". Doenças são criadas na cabeça das pessoas e Deus é colocado em um lugar aonde as pessoas chegam com muita dificuldade, e o objetivo é "tocá-lO"(?).

Sacrifício é deixar de ir à praia ou ao Maracanã para ir ao culto, ouvir 3 "louvores" e uma mensagem que vai "impactar a sua vida". Jesus exige muito menos e muito mais que isso.

Essa igreja evangélica faliu. Virou ONG, instituição filantrópica ou social. As pessoas não conseguem viver como Cristo durante toda a semana e precisam de um dia para derramar uma cota de espiritualidade e amenizar sua consciência. Pura ilusão.

Enquanto isso, a Igreja de Jesus, onde estiver, segue fazendo discípulos de Cristo, buscando a paz com todos os homens e revestindo-se do amor, que é o elo perfeito.

Raoni Tenório

1 Comentários:

Anônimo disse...

Essa a ex-igreja, sem tirar nem pôr !

O último a sair apague a luz....

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores


Mais Jogos no Jogos Online Grátis - Jogos de Meninos