Pesquisar este blog

1 de ago de 2010

O negócio está brabo mesmo!



Caros amigos- os que assim se consideram-, estou afim de entender algumas coisas. Faz um tempo que tenho esta impressão, de que existe
O verdadeiro evangelho ( estou convicto disso), que por sua vez é vivido na integra por seus receptores. Claro que sempre de acordo com culturas diferentes, o Ethos, por mais que venhamos a mudar, cada povo tem a sua cultura, sua maneira de ser... Vemos também um outro "evangelho", que é o
"quase-evangelho", logo não sendo por completo o evangelho, mas sendo quase e as vezes nem perto disto chega, logo se torna desevangelho e sendo pois o Evangelho Graça, por sua vez o desevangelho se torna desgraça. Ele, o desevangelho, se manifestou pelo tempo de várias formas e com vários nomes. Sempre sendo moldado segundo as mudanças sociológicas e "revoluções" de suas épocas.


Será que sempre vimos o evangelho sendo pregrado, divulgado desta forma que o Sr. Silas Malafaia tem feito? Será que se estudarmos a fundo ( nem precisa ser a fundo) o evangelho através da história enxergaremos ele personificada desta forma em algum ponto antes do início do capitalismo. Afirmo que não, o Evangelho não! Vemos sim, multiformemente a teologia da barganha sendo pregada através dos tempos. Não é possível que as pessoas não tenham um pingo de lucidez para enxergarem esta calhorda da corja do desevangelho. A partir do momento que estas pessoas que pregam o desevangelho prejudicam outras vidas, como o exemplo de Cristo eu me manifesto com rigor e ira. O próprio Cristo se apresentou desta forma aos líderes religiosos que nem entravam nem deixavam entrar! É uma lástima!

Mateus 23: 13 e 14
"... Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Vós fechais aos homens o Reino dos céus. Vós mesmos não entrais e nem deixais que entrem os que querem entrar.
{Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Devorais as casas das viúvas, fingindo fazer longas orações. Por isso, sereis castigados com muito maior rigor.}..."


Obeservem o como Cristo faz questão de relatar que esses enganadores costumam usar de performance para induzir os frágeis.
"...fingindo fazer longas orações..."
Como é fingir longas orações? Esses caras quando oram nem sequer se dirigem verdadeiramente a Deus, apenas falam "Senhor, Senhor!", mas O Pai diz que nem os conhece, porque de fato não falam a Deus, por mais que usem muitas palavras- e usar muitas palavras não é defeito, mas pode servir de estratégia para impressionar- de fato sequer se dirigiram a Deus! A teologia pregada por Silas Malafaia é a teologia que é mudada com o tempo e no momento se constata como  "teologia do capital", mais famosa como como teologia da prosperidade... Só que agora apresentada nos moldes "assembleianos", com revelação e tudo!
Se o Caio não pode criticar por que adulterou... Bom, eu e milhares que não adulteraram vão fazer!

Fica aqui a minha repulsa ao Silas Malafaia e sua doutrina antropocêntrica, teologia da Baraganha!
Que Deus o perdoe, espero que o Malafaia mude!


Lucas Gonzaga


- A imagem acima, muito criativa, é de pura competência deste site:
.

0 Comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores


Mais Jogos no Jogos Online Grátis - Jogos de Meninos